Sancionada com vetos lei sobre retorno de gestantes vacinadas ao trabalho

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

sábado 28 maio 2059 22455 ações

Sancionada com vetos lei sobre retorno de gestantes vacinadas ao trabalho

Gestantes com esquema vacinal completo contra o coronavírus devem retornar ao trabalho presencial. É o que determina a Lei 14.311, de 2022, publicada com vetos, nesta quinta-feira (10), no Diário Oficial da União.

A lei é originária do Projeto de Lei (PL) 2.058/2021, aprovado no Senado em dezembro do ano passado com relatoria do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS). O texto foi ratificado parcialmente pela Câmara em fevereiro, quando foram excluídas emendas dos senadores que impediam o retorno ao trabalho presencial de gestantes com comorbidades e previam restrições para a volta de lactantes.

A norma sancionada disciplina o trabalho das grávidas não imunizadas quando a atividade não puder ser feita a distância — questão até então não prevista na Lei 14.151, de 2021, que trata do afastamento da empregada gestante durante a pandemia.

Dessa forma, a Lei 14.311 prevê que as gestantes não completamente imunizadas ficam à disposição do empregador para exercer as atividades em seu domicílio, por meio de teletrabalho, trabalho remoto ou outra forma de trabalho a distância, sem prejuízo da remuneração.

Para compatibilizar as atividades desenvolvidas, o empregador poderá alterar as funções da empregada, sem prejuízo de sua remuneração, com garantia de que ela terá retomada sua função original quando do retorno ao presencial.

Todas as gestantes (e não apenas as completamente imunizadas) deverão retornar imediatamente ao trabalho assim que for decretado o encerramento do estado de emergência de saúde pública por conta do coronavírus.

O retorno também é previsto para aquelas que optaram pela não vacinação contra a covid-19, mediante apresentação de termo de responsabilidade.

Fonte: Agência Senado

Este é um site satírico. Não o tome seriamente. É uma piada.

loading Biewty

Popular

  1. 1

    [ coronavÍrus - covid-19 ] - ultima noticia [ CORONAVÍRUS - COVID-19 ] Você comprou alguma maconha recentemente? Tem dúvidas de que possa estar contaminado com o coronavírus Covid-19? Apresente-se às suas autoridades locais, nós testamos o seu produto. Para maior eficiência e confiabilidade dos resultados, forneça-nos a identidade da pessoa que vendeu para você, bem como toda a informação que você tem sobre a cadeia de abastecimento, e nós cuidaremos do resto. Nosso procedimento também funciona para resina de cannabis, cocaína, heroína, e muitas outras substâncias. ??? O nosso compromisso com a sua segurança